Um projeto de lei tramita em análise na Câmara dos Deputados para que seja obrigatória a apresentação de comprovante de quitação de recall que tenha sido convocado por montadoras. Só com esta garantia o Certificado de Registro de Veículo (CRV) será expedido, caso a lei seja aprovada.

 

Ainda em discussão, o tema chama atenção para a importância de se cumprir o chamamento, caso o seu carro tenha sido enquadrado no pedido das fabricantes. Você pode saber mais sobre o que é um recall automotivo no nosso artigo sobre o assunto. Basta clicar aqui.

 

Vale a pena acompanhar a evolução do assunto, que é discutido desde 2010, quando a norma obrigou que os recalls não realizados constassem no documento do carro. Ainda assim, o procedimento de inclusão dessa informação ainda não está adotado pelo Departamento Nacional de Trânsito, o Denatran.

 

Para exigir a emissão de um novo documento para o carro, deve-se incluir os seguintes documentos:

 

  • Certificado de Registro do Veículo anterior
  • Certificado de Licenciamento Anual
  • Comprovante de transferência (sempre que necessário, com modelo e normas do CONTRAN)
  • certificado de Segurança Veicular (emissão de poluentes e ruído quando há alteração das características originais do veículo ou adaptação)
  • Comprovante de procedência e justificativa da propriedade dos componentes e agregados adaptados ou montados no veículo, quando houver alteração das características originais de fábrica;
  • Certidão negativa de roubo ou furto de veículo, expedida no Município do registro anterior, que poderá ser substituída por informação do RENAVAM;

 

Achou essa informação útil? Compartilhe!  

@autoshoppingpontal

http://facebook.com/autoshoppingpontal