Pra muita gente, o valor pago em infrações de trânsito pode pesar (muito) no bolso. Mas não pode ser difícil o entendimento de que o motorista cometeu uma infração. Portanto, quando alguma punição injusta é imposta, você precisa recorrer aos meios legais para contestá-la.

 

Lei é Lei, e se você sofreu a penalidade o mais importante é se organizar para resolver logo o problema. Arrastar a multa não é interessante, mesmo porque, por mais cuidado que se possa tomar, estamos sujeitos a recebê-las novamente e isto pode gerar um acúmulo que piora o cenário.

 

Essa situação é mais comum do que se possa imaginar.  

 

Além de gerar um custo muito alto capaz de desanimar qualquer pessoa, os pontos atribuídos à determinada CNH podem atrasar negócios ou fazer com que o motorista perca o direito de dirigir por um longo período de tempo. Os prejuízos seguem se acumulando.

 

Uma ocorrência muito comum é receber uma multa e não ser notificado pelo órgão de trânsito.

 

E pelo número da placa do veículo é possível saber sobre toda a situação que se encontra o carro. Por este registro também pode-se acessar o que consta em todo o histórico do veículo:

Dados técnicos (cor , modelo, ano…);

Dados de registro (chassi, placa, numeração do documento, etc) e

Dados de propriedade (atual proprietário e seus antigos donos).

 

As consultas podem ser feitas no Site do DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) de origem, por isso você deve procurar o órgão no seu estado.

 

Acompanhe para saber de outras vantagens de consultar seu veículo com frequência

 

 

  • Na hora de adquirir seu carro usado, uma consulta rápida pode evitar uma dor de cabeça. É possível verificar as dívidas do veículo, assim como o Licenciamento e o IPVA está em dia;

 

  • Ter acesso ao andamento dos recursos as decisões finais;

 

  • Confirmar as datas de vencimento do IPVA e Licenciamento;

 

  • Não perder o prazo para recorrer a multa caso a notificação extraviar.

 

Para consultar tenha em mãos:

  • A placa do veículo.
  • Renavam.
  • Número do chassi do veículo (Alguns órgão podem exigir inclusive  um cadastro para acessar as informações).